Arquivo da tag: deficiente

O antônimo da impotência

Observo as ondas cerebrais da pequena Alice se emaranharem na tela do computador. Antevejo a desordem, o caos, o inexorável laudo subscrito. Esse é o cérebro dela: terreno instável, calçada de abismos e absurdos. Por isso, expressa-se em tantas rotas … Continuar lendo

Publicado em Posts | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Valsa do tempo 

Na consulta periódica para exame específico da visão, a oftalmologista pergunta: – Ainda usa a lamotrigina? – Não.  – Ácido valpróico? – Também não.  – Clonazepan… Rivotril?  – Felizmente não.  – Topiramato?  – Não.  Quais os medicamentos, agora? Apenas um, … Continuar lendo

Publicado em Posts | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Palavreando

Tudo se embaralhou de novo. As noites se tornaram curtas para tanta peleja com as convulsões. Os dias se estenderam na irritação que o corpo enrijecido anunciava. Punhos cerrados, ranger de dentes, pernas endurecidas, corpo que não encontra aconchego. Suspensa … Continuar lendo

Publicado em Posts | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Uma árvore, uma filha, um livro

Dizem que toda pessoa, antes de morrer, deve plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro. A árvore, plantei uns quinze anos atrás, no quintal da casa de minha mãe. Um ipê amarelo, cuja semente ela entregou à … Continuar lendo

Publicado em Posts | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

A… de Alice!

Uma mãe jornalista. Um pai educador físico. Uma filha que não fala, tampouco movimenta o corpo com precisão. Alice, essa adorável subversiva, revolucionou tudo o que estudamos, aprendemos e ensinamos sobre comunicação verbal e expressão corporal. Ouso registrar algumas passagens … Continuar lendo

Publicado em Posts | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Paralimpíadas – anunciação

Imagine querer participar de um evento e poder utilizar o transporte público para isso! Imagine querer assistir a uma competição esportiva e ter seu assento garantido! Imagine querer comprar uma bebida e conseguir falar diretamente com a vendedora! Imagine querer … Continuar lendo

Publicado em Posts | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

De pé

Sempre acreditei que ficar de pé dependesse, grosso modo, da sincronia entre músculos, ossos, articulações e comandos. Sem ignorar a complexidade desse movimento para o corpo humano, a maneira quase instantânea com que o realizo me fazia crer que bastava … Continuar lendo

Publicado em Posts, Sem categoria | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 3 Comentários