Inventário de conquistas

Sabe aquele ditado que diz que gato escaldado tem medo de água fria? Pois bem, creio que seja uma eficiente tradução do comportamento de nossa filha Alice nos laboratórios, clínicas e consultórios. Bastou nos acomodarmos na sala de espera para que ela seja subitamente acometida por um sono profundo e irremediável. Se a suspeita de uma abordagem médica se confirma com a presença de uma pessoa de branco, usando luvas… aí é que os olhos pesam pra valer! É um convite às avessas: não mexe comigo, não, pessoal, que estou dormindo! Em alguns momentos, ela arrisca uma rápida espreita, suponho que seja para checar se é seguro abrir os olhos ou se é melhor se manter adormecida. Invariavelmente, ela permanece dormindo durante toda a consulta, e, ao voltar para casa, abre os olhos e mexe o corpo com entusiasmo.

Creio que Alice desenvolveu esta, digamos, capacidade ainda no período de internação hospitalar e foi aprimorando-a ao longo de sua curta, mas intensa experiência de vida. Nós nos divertimos com sua estratégia e concluímos que é, de certa forma, um mecanismo de defesa e proteção. Mas, por outro lado, diversas vezes nos vemos sem condições de evidenciar para os médicos os avanços no seu desenvolvimento. Com nossa filha dormindo, não é possível mostrar como seus olhos estão mais atentos, como ela estabeleceu vias de interação, como ela percebe os objetos e as pessoas, dentre tantos outros aspectos. Além disso, em uma hora de consulta ou sessão, mesmo que ela esteja desperta, é difícil conseguir demonstrar tudo o que desejamos. O cotidiano é sempre mais rico, mais espontâneo, mais bonito.

Por esse motivo, decidi organizar um portfólio das conquistas e descobertas de nossa filha ao longo do ano. Por meio de fotografias previamente selecionadas, vou traçando uma linha do tempo do seu desenvolvimento, cuidando para contextualizar e datar cada uma das imagens que se apresentam. De certa forma, o material se tornou um registro de sua história. Dá contornos bem definidos àquilo que já nos preenche os dias de maneira tão especial. É a prova material de uma trajetória que se faz pela coragem, pela vontade, pela esperança e pelo amor. Além de garantir o soninho sagrado da hora das consultas!

Fica a dica para outros pais e mães que sofrem com o SPC: sono pré-consulta. Um álbum de imagens do filhote soluciona boa parte do problema, além de ser uma atividade prazerosa inventariar conquistas e alegrias.

IMG_2474

Anúncios
Esse post foi publicado em Posts e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s