Segura!

Entre os avanços que Alice vem protagonizando nos últimos dias está também a capacidade de segurar objetos. Até então, ela não conseguia moldar os dedos e direcionar certa pressão para manter algo em suas mãos. Faltava força para a função, ainda que sobrasse interesse. Mas isso nunca foi motivo para deixarmos de apresentar a ela brinquedos e prazeres, mesmo sendo necessário realizar os movimentos com as mãos de outra pessoa como guia.

Na hora das refeições, por exemplo, seguro a colher dentro das mãos da Alice, movo seu braço junto com o meu em direção à boca para que ela participe ativamente do prazer de saciar sua fome. Se é para brincar com um objeto, meus dedos abraçam os dela e investigamos juntas as possibilidades de interação. A maneira como realizamos as atividades cotidianas evidencia bem o desejo que vai em nosso coração: nós desbravamos o mundo de mãos dadas!

Agora, Alice começa a empunhar sozinha suas vontades. Ela mostra interesse com os braços e os olhos, nós colocamos o que ela nos pede em suas mãos, e ela segura, levanta, abaixa, apóia e até mesmo tenta levar até à boca. Puro deleite! Outro dia, estávamos passeando de carro, eu no banco de trás com ela. Coloquei meu braço sobre sua cadeirinha, mostrando que estava por perto, mas não a toquei. Eu olhava distraída pela janela quando senti uma mão gordinha e decidida se encontrar com a minha. Minha filha havia me dado as mãos! Foi o suficiente para que eu sustentasse o devaneio de que, mesmo ganhando, pouco a pouco, autonomia, ela quer continuar descobrindo o mundo de mãos dadas comigo. Para minha sorte.

(As imagens mostram um antes e depois na função da pequena Alice de segurar objetos. À esquerda, há cerca de 5 meses, Alice tenta segurar uma girafa, com os braços encolhidos, as mãos sem forma, e conta com o apoio do próprio corpo. Era um avanço e tanto naquela ocasião, tanto interesse e esforço em torno de um brinquedo! A foto da direita foi tirada há cerca de uma semana. Alice olha interessada um jogo americano muito colorido que nunca serviu para suporte às refeições, pois foi comprado com o único intuito de estimular sua visão. Ela já abre bem os braços, a ponto de posicionar o objeto adequadamente à sua frente. Como diriam lá na terra de minha mãe: segura, peão!)

segura

Anúncios
Esse post foi publicado em Posts e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s