A beleza de ser um eterno aprendiz

A cena se passou no consultório de um gastropediatra, com o qual Alice foi se consultar para avaliar se um refluxo pode estar causando sua pneumonia de repetição. O médico nos atendeu pontualmente. Tinha cabelos brancos, rugas no rosto e uma fala ligeiramente trêmula, o que parecia confirmar sua larga experiência, motivo de ter-nos sido indicado. Começou a tomar nota das informações de minha filha desde a gestação até hoje. Num instante, a folha estava preenchida frente e verso, o que sugeria que Alice, em sua pouca idade, também possui grande experiência de vida.

Ciente de seu quadro neurológico, ele procedeu uma série de perguntas com a finalidade de identificar os sintomas que pudessem denunciar um refluxo.

– Ela se comunica? – perguntou o médico.
– Sim!
– Ela fala alguma coisa? – ele continua, enquanto examina Alice.
– Não, não fala nada.
– Ela sorri?
– Também não, doutor.
Então ele se volta para mim, incrédulo e atônito, e retruca enfaticamente:
– Ué, então como ela se comunica?
Eu sorrio e respondo:
– Com o corpo todo, doutor.
– Ah…

Para explicar melhor, lembrei que, dias atrás, eu tentei dar iogurte natural batido com morango para a pequena, e ela fez careta, cuspiu e, por fim, travou a boca, dando por encerrada a tentativa. Recordei-me também da sua alegria, batendo pernas e movimentando os braços, quando reconhece um objeto que chama a sua atenção. Falei ainda do choro a plenos pulmões quando ela precisou ser submetida a uma gasometria. Eu teria um sem número de situações para narrar ao experiente médico sobre como se dá a comunicação de minha filha. Mas no terceiro ou quarto exemplo ele já se deu por satisfeito e, arrisco ainda, surpreendido.
Saí tranquila e duplamente feliz do consultório: minha filha se beneficiou do conhecimento do médico, acumulado em anos de estudo e prática, e o médico arejou e renovou seus conceitos pela vitalidade do primeiro ano de vida de minha filha.

(Na foto, Alice mostrando toda a sua habilidade de comunicação para negar o iogurte natural batido com morango.)

caretas

Anúncios
Esse post foi publicado em Posts e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s