8º COMPÊNDIO AMOROSO

Como diria o filósofo Mário Sérgio Cortella, “gente não nasce pronta e vai se gastando, gente nasce não pronta, e vai se fazendo”. É sob a perspectiva de nossa incompletude e de nosso permanente aprendizado que destaco, no Compêndio Amoroso desta semana, dois comentários preciosos da semana passada:

“Ser mãe é nosso melhor programa de desenvolvimento pessoal. Adquirimos e aprofundamos competências que jamais achamos que íamos dar conta. E tudo vale tanto a pena”.
Telma Silva

“Seu depoimento é um estímulo para que passemos por cima das dificuldades e encaremos a realidade sob um novo ponto de vista: o de que cada pequena conquista, mesmo que não perfeita como gostaríamos, é uma vitória e um passo, um degrau do aprendizado. E que por menor que seja tem uma imensa importância no resultado a ser alcançado. Me ajudou a reconciliar-me comigo mesmo, minhas imperfeições, limites a serem vencidos e me deu coragem, força e determinação para enfrentar o momento difícil”.
Robson Fontenelle

Boa semana!

Anúncios
Esse post foi publicado em Posts e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s