O dia em que viramos notícia

Antes de jornalista, sou mãe. Antes de mãe, sou humana. É por esta condição que me sinto feliz em ver o amor ter lugar num jornal de grande circulação. Amor que elegeu o cuidado como tributo à vida. E lá estou eu e minha pequena Alice, emprestando história e verdade, junto a outras mães e profissionais, para falar da prematuridade, na página mais cor de rosa da publicação.

Linda e competente matéria do jornal Estado de Minas! (um pedacinho reproduzido na foto)

estado de minas

Anúncios
Esse post foi publicado em Posts e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s