A chegada ao mundo da pequena Alice embaralhou meus sentimentos. Um misto de alívio, por não haver mais sofrimento intra-útero, e apreensão pelo que podia antever em função de sua fragilidade e sua imaturidade. Preservar a lucidez nessa situação requer uma força extraordinária, ainda que toda a loucura possa ser perdoada.
Eu me vali de recursos diversos nesse sentido: li relatos de outras mães que passaram pela mesma situação, distrai-me com o personagem de Mateus Solano na novela – um dos poucos momentos que me esvaziava a cabeça, arrumei o quarto de minha filha inúmeras vezes, organizei pequenas comemorações no hospital para cada mês de vida completo… Mas houve algo que fiz repetidamente: laços!
Quando o nó se instalava na garganta ou apertava o peito, eu fazia laços de fita caprichados nos pertences da Alice. Afrouxava a pressão e a angústia. Refazia o vínculo que nos conectava. Foram incontáveis laços a unir as pontas da espera e do reencontro de mãe e filha. Hoje, passado algum tempo dessa sofrida experiência, abro o guarda-roupa de minha filha e conto inúmeros laços a testemunhar nossa história. O desejo contido em cada um deles se realiza cotidianamente, com meus braços embalando-a: cada laço, um abraço.

Os cabides cheios de laços do guarda-roupa da Alice, feitos por mim e pela tia da Alice, minha irmã mais velha, acreditando sempre em dias melhores.

Os cabides cheios de laços do guarda-roupa da Alice, feitos por mim e pela tia da Alice, minha irmã mais velha, acreditando sempre em dias melhores.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Posts e marcado , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s