Enfrentamento e encantamento cotidianos

Depois de muito ler, pesquisar, estudar, concluo que nada me prepara para o que é (con)viver com a paralisia cerebral de minha filha. Nem prognóstico, nem orientação médica, nem pesquisa, nem livro.

Agora mesmo ela está descobrindo suas mãos. Busca conciliar os comandos do seu desejo, que quer experimentar pelo tato o que ela vê, com a ausência de comando do seu corpo. Seu desejo de descobrir o mundo protagoniza uma história de amor não correspondido com as possibilidades de seu corpo. Ela quer tocar, apalpar, mas seu corpo dá de ombros à sua vontade. Observar o movimento que não se completa, o desejo que se frustra, a possibilidade que não se viabiliza dilacera meu coração de mãe, embora tudo isso esteja avisado nos prognósticos, nas pesquisas e nas orientações médicas que dizem respeito à condição de minha filha.
A causa de tamanho desencontro é seu cérebro. Mas, paradoxalmente, é ele também que cria subterfúgios para outras conexões capazes de conciliar desejo e movimento. Ontem estávamos sentadas à mesa, ela em meu colo, um pote de manteiga à nossa frente, de cores contrastantes, como deve ser. Segurei o pote à altura de seus olhos e ao alcance de suas mãos, apresentando-a a esse poderoso ingrediente que ajuda a não engolir a vida a seco. Ela ensaiou levantar o braço cambaleante algumas vezes. Até que, desejo e movimento conectados, acertou em cheio uma direita no pote de manteiga. E repetiu o feito, à moda Anderson Silva, seguidas vezes, numa clara demonstração de que já sabe lutar pelo que quer. Esta possibilidade também estava prevista nos prognósticos e nas pesquisas acerca de sua condição neurológica. Ainda assim me emocionei tremendamente.
Se nada me prepara para esta empreitada, vivê-la junto a minha filha equipa minha mente e meu coração para o enfrentamento e o encantamento tão necessários ao nosso cotidiano. Nunca será demais dizer: obrigada, minha filha!

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s