Como seria a vida sem paralisia?

Querido Daniel,

creio que posso chamá-lo assim e explico por quê. Recentemente, tive contato com um trailer do seu documentário. Ele me foi enviado por uma amiga, num dia de muita desesperança e angústia. Havia pouco tempo que minha filha tinha tido alta, depois de ter passado seus primeiros cinco meses de vida na Uti neonatal. Foi então que, em uma demorada visita domiciliar, a neurologista explicou que minha filha tem paralisa cerebral (hemiparesia espástica) e também Síndrome de West. O diagnóstico soou, para mim, como sentença. Parecia o fim de uma vida que ainda nem tinha sido propriamente iniciada. Fui recolhendo o medo daqui e dali, comecei a estudar sobre o assunto, a reunir forças para lutar por ela e com ela… e encontrei o seu filme. Assisti o trailer inúmeras vezes. A mensagem que ele carrega estava tão repleta de significado para mim, que me encheu de esperança e de coragem.
Comecei, então, a acompanhar suas postagens no facebook, para aprender um pouco mais com seu modo de vida. Vi como você vive plena, intensa e corajosamente! Isso fez com que eu compreendesse meu papel de mãe de um bebê com paralisia: ter limitações não tem nada a ver com ter uma vida limitada. E hoje acredito firmemente nisso porque, para além desta lúcida compreensão que você me despertou, ela é muito, muito amada! Por isso quis te escrever para dizer da minha gratidão por você e do quão transformadora sua experiência tem sido para a minha vida e para a da minha filha.

Obrigada, meu querido!

Anúncios
Esse post foi publicado em Sugestão de vídeos e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s